Aluno da Escola da URI conquista o 3º Lugar e alunas receberam Menção Honrosa no Concurso de Redação

19 Oct 2015

 

 ​

 

A Academia Santo-angelense de Letras fez a entrega nesta quinta-feira (1º), à Direção da URI , do resultado do 1º Concurso de Redação promovido pelo Câmpus de Santo Ângelo.


A presidente da Asle, Edna Lautert, e o presidente do Conselho Deliberativo da Academia, Otavio Reichert, observaram aos diretores da URI que a Comissão Julgadora encontrou dificuldades para definir os melhores textos. “A Comissão enfrentou uma situação de empate e também achou justo conceder 14 certificados de Menção Honrosa, pois seria improcedente não reconhecer a qualidade desses textos.”.


Edna e Otávio elogiaram a escolha do tema proposto, “A responsabilidade em meio às redes sociais: uma questão de comportamento ético”, afirmando que a questão está presente no quotidiano não apenas dos jovens, mas de toda a sociedade.


Em nome da URI Santo Ângelo, o Diretor-Geral Gilberto Pacheco agradeceu a parceria da Academia Santo-angelense de Letras, enaltecendo o trabalho da Comissão Julgadora, que em função da qualidade dos trabalhos, precisou ler e reler os textos. “Esta qualidade também é mérito dos professores, pois a orientação de leituras e o debate do tema são conduzidos por eles.”


Integrante da Comissão Julgadora, a professora Mestre Dinalva Alves de Souza disse que “a leitura e a avaliação das redações permitiram ver com muita clareza o envolvimento dos alunos e dos professores na elaboração dos textos. Ficou visível que, para poderem discorrer sobre o assunto, que ia além de apenas abordar as redes sociais, os professores orientaram pesquisas nesse sentido. A referência a grandes expoentes da humanidade, como Kant, John Locke, Thomas Robees, e a definição conceitual de ética, por exemplo, mostram que as redações não são um resultado aleatório e simplista de meras opiniões sobre o assunto, mas o resultado de uma investigação em torno das palavras-chave que embasam o tema”.


Ao pensar nos objetivos do concurso avalia Dinalva, “vimos com muita satisfação que os mesmos foram amplamente atingidos. Como o propósito do concurso e do tema era promover a reflexão acerca do bom uso das redes sociais em termos de ética, de respeito e de comprometimento em relação ao outro frente à questão da dignidade humana, podemos afirmar que os inscritos no concurso realmente se debruçaram sobre essa prerrogativa de comportamento nas redes.”.


Infelizmente,conclui a professora, “tivemos de selecionar apenas alguns entre todos os textos recebidos. Na verdade, todos que concorreram estão de parabéns e todos são merecedores de sinceras reverências, assim como devem se estender nossos cumprimentos aos professores que orientaram os trabalhos.” 

Na foto, os diretores Gilberto Pacheco, Berenice Wbatuba e Marcelo Stracke recebem o resultado de Edna Lautert e Otávio Reichert.

O 1º Concurso de Redação da URI Santo Ângelo recebeu 625 textos oriundos de  28 municípios, sendo que a Comissão Julgadora da Academia Santo-angelense de Letras permaneceu avaliando-os durante todo o mês de setembro.


A entrega da premiação acontecerá dia 8 de outubro, durante o “Descubra a Universidade”, quando os três classificados receberão respectivamente, R$ 1.000,00; R$ 750,00 e R$ 500,00, além de certificados. A Escola do aluno que conquistou o 1º lugar e a professora que o orientou, receberão troféus alusivos. Os autores dos textos com Menção Honrosa receberão certificados.

 


RESULTADO


1º lugar – Eduardo Priesnitz Friedrich, do Colégio La Salle Medianeira, de Cerro Largo, com a redação intitulada “Ética: a fotógrafa da rede”, com a orientação da professora Marta Schoffen.


2º lugar – Gustavo Della Flora, do Colégio Cenecista Sepé Tiaraju, de Santo Ângelo, com a redação intitulada “Ética em Terras de Ninguém”, sob a orientação da professora: Isabel Ludtke Brigo.


3º lugar – Willian Riechel de Lima, da Escola de Ensino Médio da URI, de Santo Ângelo, com a redação “Responsabilidade nas redes sociais”, orientado pela professora Sandra Mariani.


3º lugar – Lucas Borré Lobo, do Colégio Marista Santo Ângelo, de Santo Ângelo, com a redação “Mercado Social”, sob a orientação da professora Isabel Ludtke Brigo.


A Comissão Julgadora concedeu Menção Honrosa aos seguintes textos:


“O Hobbesianismo necessário”, de Matheus Henrique Padilha Dutra, do Colégio Marista Santo Ângelo – Santo Ângelo.


“Redes Sociais: uma questão de bom senso”, de Muriel Hesse Block, do Colégio Marista Santo Ângelo – Santo Ângelo.


“Liberdade Exagerada”, de Bianca Brand, da Escola Estadual Professor Francisco José Damke – São Paulo das Missões.


“Riscos usuais perante as redes sociais”, de Nayara Luiza Maicá, do Colégio Concórdia – Santa Rosa.


“Vulnerabilidade nas redes sociais”, de Bruna Giotti Betencourt, da Escola da URI – Santo Ângelo.


“Livro aberto”, de Júlia Castanho de Freitas, do Colégio Teresa Verzeri – Santo Ângelo.


“Comportamento ético em meio à comunicação atual”, de Pedro Henrique Quatrin Stringhini, do Colégio Cenecista Sepé Tiaraju – Santo Ângelo.


“Segunda vida”, de Muhare Khalil Kovatli, do Colégio Marista Santo Ângelo.


“Redes sociais e sua faceta maléfica: como evitar”, de Rodrigo Lucero, do Colégio La Salle Medianeira, de Cerro Largo.


“Personagens Virtuais”, de Ana Paula dos Santos Möllmann, da Escola Estadual de Educação Básica Yeté, de Tuparendi.


“Uma questão de responsabilidade”, de Valentina Wolff Lírio, da Escola da URI, Santo Ângelo.


“Ética das Redes Sociais: questão de segurança pública”, de Andressa Ester Rockenbach, do Colégio Concórdia, de Santa Rosa.


“Semear a responsabilidade ética nas redes sociais”, de Luiza Dieguez Piber, da Escola da URI, Santo Ângelo.


“As redes sociais e a consciência social”, de Julia Petry Rech, do Colégio Tiradentes, Santo Ângelo.

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square